Nossas Soluções

Energia Eólica

A energia eólica é uma das fontes de energias renováveis que mais cresce no mundo devido aos avanços tecnológicos dos aerogeradores, à sua produção de energia elétrica limpa, sem emissão de poluentes, sem consumo de combustíveis fósseis e com baixo impacto ambiental.

As turbinas eólicas, ou aerogeradores, são responsáveis pela absorção de parte da potência cinética do vento através de um rotor aerodinâmico, convertendo a mesma em potência mecânica de eixo e, posteriormente, em potência elétrica através de um gerador elétrico.

Toda essa energia elétrica gerada por centenas de aerogeradores é transmitida por cabos elétricos até a chamada subestação elevadora, transmitida através das linhas de transmissão para o sistema elétrico nacional e, por fim, distribuídas para diversas residências, comércios e indústrias.

01

Etapa 1 – Planejamento e Análise do Negócio

  • Estudos de pré-avaliação de locais para instalação dos parques eólicos.
  • Estudos de pré-viabilidade técnica, econômica, social e ambiental.
  • Estudos de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental.
02

Etapa 2 – Planejamento e Seleção das Alternativas

  • Elaboração e análise do Projeto Básico.
  • Estudos de Micrositing. • Certificação de medições anemométricas e de produção anual de energia.
  • Avaliação técnica, econômica, social e ambiental detalhada.
  • Diligenciamento (Due Diligence) de ativos e projetos para aquisição em estágio greenfield, construção e operação.
03

Etapa 3 – Planejamento e Detalhamento da Alternativa Selecionada

  • Otimização e consolidação do Projeto Básico.
  • Elaboração e análise do Projeto Pré-executivo.
  • Gerenciamento dos aspectos regulatórios, sociais, ambientais, fundiários e arqueológicos junto aos orgãos reguladores do Brasil.
  • Estudos e negociações necessárias para conexão do empreendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
04

Etapa 4 – Projeto Detalhado e Construção

  • Elaboração e análise do Projeto Executivo Civil, eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Inspeção e fiscalização do fornecimento dos equipamentos eletromecânicos durante as etapas de projeto, fabricação, transporte, montagem, comissionamento e operação dos ativos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Fornecimento Turn Key do BOP eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Execução do comissionamento e start-up dos aerogeradores, subestações e linhas de transmissão.
  • Construção dos parques eólicos (EPC completo).
  • Gerenciamento da aquisição do BOP civil e eletromecânico.
  • Gerenciamento da implantação.
  • Engenharia do Proprietário (Owner’s Engineering).
05

Etapa 5 – Operação e Manutenção

  • Planejamento, execução e controle de manutenções preventivas, preditivas e corretivas.
  • Diagnóstico e análise de falhas nos ativos de geração, transmissão e distribuição.
  • Soluções técnicas para mitigação e eliminação de falhas.
  • Cursos e treinamentos preparatórios para operadores e mantenedores.

Energia Hidrelétrica

A energia hidrelétrica é uma fonte de energia renovável de grande participação na matriz energética do Brasil devido a vasta riqueza natural do país proporcionando condições ideais para implantação de usinas hidrelétricas aliado aos baixos custos operacionais desses ativos.

Os elementos principais para a geração de energia hidráulica são a vazão e a queda de água. A vazão da água é proveninete do próprio escoamento natural dos rios e a queda que pode ser natural do próprio relevo terrestre ou através da construção de barragens. As turbinas hidráulicas são responsáveis pela absorção da potência cinética da água, através de um rotor, convertendo a mesma em potência mecânica de eixo e, posteriormente, em potência elétrica através de um gerador elétrico.

Toda essa energia elétrica, proveniente das unidades geradoras, é transmitida por cabos elétricos até a chamada subestação elevadora, transmitida através das linhas de transmissão para o sistema elétrico nacional e, por fim, distribuídas para diversas residências, comércios e indústrias.

01

Etapa 1 – Planejamento e Análise do Negócio

  • Estudos de inventário.
  • Estudos de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental.
02

Etapa 2 – Planejamento e Seleção das Alternativas

  • Elaboração e análise do Projeto Básico.
  • Avaliação técnica, econômica, social e ambiental detalhada.
  • Diligenciamento (Due Diligence) de ativos e projetos para aquisição em estágio greenfield, construção e operação.
03

Etapa 3 – Planejamento e Detalhamento da Alternativa Selecionada

  • Otimização e consolidação do Projeto Básico.
  • Elaboração e análise Projeto Pré-executivo.
  • Estudos de repotenciação e modernização de usinas já existentes.
  • Gerenciamento dos aspectos regulatórios, sociais, ambientais, fundiários e arqueológicos junto aos orgãos reguladores do Brasil.
  • Estudos e negociações necessárias para conexão do empreendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
04

Etapa 4 – Projeto Detalhado e Construção

  • Elaboração e análise do Projeto Executivo Civil, eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Inspeção e fiscalização do fornecimento dos equipamentos eletromecânicos durante as etapas de projeto, fabricação, transporte, montagem, comissionamento e operação dos ativos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Fornecimento Turn Key de equipamentos eletromecânicos, subestações e linhas de transmissão.
  • Execução do comissionamento e start-up dos equipamentos eletromecânicos.
  • Construção de usinas (EPC completo).
  • Gerenciamento da aquisição de equipamentos e obras civis.
  • Gerenciamento da implantação.
  • Engenharia do Proprietário (Owner’s Engineering).
05

Etapa 5 – Operação e Manutenção

  • Planejamento, execução e controle de manutenções preventivas, preditivas e corretivas.
  • Diagnóstico e análise de falhas nos ativos de geração, transmissão e distribuição.
  • Soluções técnicas para mitigação e eliminação de falhas.
  • Ensaios para determinação de potência instalada e potência líquida.
  • Cursos e treinamentos preparatórios para operadores e mantenedores.

Energia de biomassa

Nesse processo de geração de energia, a biomassa proveniente do bagaço da cana-de-açucar, cavaco, dentre outros, é queimada dentro de uma caldeira, responsável pela produção de calor sob a forma de vapor de água. Esse vapor de água é fornecido tanto para os processos de fabricação da indústria quanto para o sistema de cogeração alimentando as turbinas a vapor, responsáveis pela produção de energia mecânica, através de um rotor, convertendo a mesma em potência mecânica de eixo e, posteriormente, em potência elétrica através de um gerador elétrico.

Parte dessa energia elétrica, proveniente das unidades geradoras, é fornecida para o consumo da própria indústria e outra parte é transmitida por cabos elétricos até a chamada subestação elevadora, depois transmitida através das linhas de transmissão para o sistema elétrico nacional e, por fim, distribuídas para diversas residências, comércios e indústrias.

01

Etapa 1 – Planejamento e Análise do Negócio

Estudos de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental

02

Etapa 2 – Planejamento e Seleção das Alternativas

  • Elaboração e análise do Projeto Básico.
  • Avaliação técnica, econômica, social e ambiental detalhada.
  • Diligenciamento (Due Diligence) de ativos e projetos para aquisição em estágio greenfield, construção e operação.
03

Etapa 3 – Planejamento e Detalhamento da Alternativa Selecionada

  • Otimização e consolidação do Projeto Básico.
  • Elaboração e análise Projeto Pré-executivo.
  • Estudos de repotenciação e modernização de usinas já existentes.
  • Gerenciamento dos aspectos regulatórios, sociais, ambientais, fundiários e arqueológicos junto aos orgãos reguladores do Brasil.
  • Estudos e negociações necessárias para conexão do empreendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
04

Etapa 4 – Projeto Detalhado e Construção

  • Elaboração e análise do Projeto Executivo Civil, eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Inspeção e fiscalização do fornecimento dos equipamentos eletromecânicos durante as etapas de projeto, fabricação, transporte, montagem, comissionamento e operação dos ativos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Fornecimento Turn Key de equipamentos eletromecânicos, subestações e linhas de transmissão.
  • Execução do comissionamento e start-up dos equipamentos eletromecânicos.
  • Construção de usinas de cogeração (EPC completo).
  • Gerenciamento da aquisição de equipamentos e obras civis.
  • Gerenciamento da implantação.
  • Engenharia do Proprietário (Owner’s Engineering).
05

Etapa 5 – Operação e Manutenção

  • Planejamento, execução e controle de manutenções preventivas, preditivas e corretivas.
  • Diagnóstico e análise de falhas nos ativos de geração, transmissão e distribuição.
  • Soluções técnicas para mitigação e eliminação de falhas.
  • Cursos e treinamentos preparatórios para operadores e mantenedores.

Energia Solar

A energia solar fotovoltaica vem contribuindo para a diversificação da nossa matriz energética aumentando a segurança no fornecimento de energia elétrica para o nosso país. Devido a evolução das tecnologias aplicadas e da redução dos custos de implantação desses empreendimentos, essas usinas vem se tornando cada vez mais competitivas no cenário atual.

A conversão direta da energia solar em energia elétrica se dá através dos efeitos da radiação sobre determinados materiais semicondutores. Quando a luz solar incide sobre uma célula fotovoltaica, os elétrons do material semicondutor são postos em movimento gerando energia elétrica.

Toda essa energia elétrica, proveniente de centenas de células fotovoltaicas, é transmitida por cabos elétricos até a chamada subestação elevadora, transmitida através das linhas de transmissão para o sistema elétrico nacional e, por fim, distribuídas para diversas residências, comércios e indústrias.

01

Etapa 1 – Planejamento e Análise do Negócio

  • Estudos de pré-avaliação de locais para instalação das usinas fotovoltaicas.
  • Estudos de pré-viabilidade técnica, econômica, social e ambiental.
  • Estudos de viabilidade técnica, econômica, social e ambiental.
02

Etapa 2 – Planejamento e Seleção das Alternativas

  • Elaboração e análise do Projeto Básico.
  • Certificação dos dados solarimétricos e de produção anual de energia.
  • Avaliação técnica, econômica, social e ambiental detalhada.
  • Diligenciamento (Due Diligence) de ativos e projetos para aquisição em estágio greenfield, construção e operação.
03

Etapa 3 – Planejamento e Detalhamento da Alternativa Selecionada

  • Otimização e consolidação do Projeto Básico.
  • Elaboração e análise do Projeto Pré-executivo.
  • Gerenciamento dos aspectos regulatórios, sociais, ambientais, fundiários e arqueológicos junto aos orgãos reguladores do Brasil.
  • Estudos e negociações necessárias para conexão do empreendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN).
04

Etapa 4 – Projeto Detalhado e Construção

  • Elaboração e análise do Projeto Executivo Civil, eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Inspeção e fiscalização do fornecimento dos equipamentos eletromecânicos durante as etapas de projeto, fabricação, transporte, montagem, comissionamento e operação dos ativos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Fornecimento Turn Key do BOP eletromecânico, subestações e linhas de transmissão.
  • Execução do comissionamento e start-up dos módulos fotovoltaicos, subestações e linhas de transmissão.
  • Construção das usinas fotovoltaicas (EPC completo).
  • Gerenciamento da aquisição do BOP civil e eletromecânico.
  • Gerenciamento da implantação.
  • Engenharia do Proprietário (Owner’s Engineering).
05

Etapa 5 – Operação e Manutenção

  • Planejamento, execução e controle de manutenções preventivas, preditivas e corretivas.
  • Diagnóstico e análise de falhas nos ativos de geração, transmissão e distribuição.
  • Soluções técnicas para mitigação e eliminação de falhas.
  • Cursos e treinamentos prepa ratórios para operadores e mantenedores.

Nossos Fornecimentos

Em breve